• foto do kit de autocoleta de saliva para teste de bochechinha fechado
  • foto do kit de autocoleta de saliva para teste bochechinha aberto mostrando itens que vem em seu interior
  • representação de resultados em tela de computador e smartphone mostrando o resultado do teste bochechinha
foto do kit de autocoleta de saliva para teste de bochechinha fechado
  • foto do kit de autocoleta de saliva para teste de bochechinha fechado
  • foto do kit de autocoleta de saliva para teste bochechinha aberto mostrando itens que vem em seu interior
  • representação de resultados em tela de computador e smartphone mostrando o resultado do teste bochechinha

Comparação entre os principais tipos de triagem neonatal:

background
Logo meuDNA Bochechinha

A evolução do Teste do Pezinho

Por que fazer o teste da Bochechinha

Doenças tratáveis

O teste identifica mais de 320 doenças graves e tratáveis, complementando o Teste do Pezinho.

Prevenção

Com ele você poderá saber se o seu bebê tem uma predisposição genética a alguma dessas doenças.

O melhor cuidado

E poderá oferecer o melhor tratamento possível antes mesmo da doença se desenvolver, evitando consequências mais sérias.

  • Doenças tratáveis

    O teste identifica mais de 320 doenças graves e tratáveis, complementando o Teste do Pezinho.

  • Prevenção

    Com ele você poderá saber se o seu bebê tem uma predisposição genética a alguma dessas doenças.

  • O melhor cuidado

    E poderá oferecer o melhor tratamento possível antes mesmo da doença se desenvolver, evitando consequências mais sérias.

Ícone óculos

O que os especialistas dizem:

Dra. Larissa, Médica Pediatra Geneticista, explica a importância do meuDNA Bochechinha.

Linha do tempo com período ideal para fazer o meuDNA Bochechinha

Como algumas doenças se manifestam bem cedo, o meuDNA Bochechinha deve ser feito no primeiro ano de vida do bebê. Quanto antes o teste for realizado, maiores serão os benefícios.

meuDNA Bochechinha na farmácia mais perto de você

Você também pode comprar o teste em farmácias de São Paulo, Rio de Janeiro, Goiânia, Curitiba, Londrina, Umuarama, Salvador, Recife e Fortaleza.

Descubra onde comprar o meuDNA Bochechinha perto de você:

Logo PagueMenos
Ilustração cliente conversando com farmacêutico sobre meuDNA Bochechinha
01
ilustração de pessoa recebendo o kit de coleta
02
ilustração de um pai segurando bebê durante jejum
03
ilustração de um pai coletando saliva do bebê
04
ilustração de pais com bebê no colo acessando resultado pelo computador

Perguntas frequentes

  • O meuDNA Bochechinha substitui o Teste do Pezinho?

    Não. O meuDNA Bochechinha complementa, mas não substitui, o Teste do Pezinho. Algumas doenças podem ter causas não genéticas, sendo identificadas pelo Teste do Pezinho, mas também existem centenas de doenças que não podem ser diagnosticadas com os Testes do Pezinho. Além disso, como realizam análises diferentes, eles são complementares para se obter um diagnóstico. Por isso, o recomendado é fazer ambos os testes de triagem neonatal.

  • Qual o momento ideal para realizar o meuDNA Bochechinha?

    A triagem neonatal meuDNA Bochechinha pode ser feita a qualquer momento a partir do nascimento do bebê, idealmente antes de completar 1 ano. A grande maioria das doenças analisadas se manifestam ainda na primeira infância e, por isso, elas devem ser diagnosticadas e tratadas o quanto antes para evitar complicações graves.

  • Posso comprar o kit de coleta antes do nascimento do bebê?

    Sim. O kit pode ser adquirido com antecedência e guardado em casa. Depois da coleta de amostra de saliva, o ideal é que ela seja imediatamente enviada para análise.

  • Como enviar a amostra do bebê para análise?

    Você pode solicitar um código de Sedex Reverso para enviar via Correios, sem custo adicional. Se estiver na grande SP, você pode solicitar a retirada da amostra sem sair de casa, também sem custo adicional, ou entregar diretamente em um dos pontos de entrega na cidade de São Paulo.

  • Qual o prazo para entrega do resultado?

    O resultado será disponibilizado em até 28 dias após a chegada da amostra ao laboratório.

  • Por onde acessar o resultado?

    Pelo site meudna.com, na área de resultados, após entrar em sua conta.

  • O que fazer em caso seja detectada alguma doença genética?

    A triagem neonatal possibilita uma ação precoce para evitar complicações graves. Procure imediatamente o pediatra do seu bebê, com o resultado em mãos, e decida com ele as melhores ações de prevenção ou tratamento.

central de ajuda