mulheres de diferentes etnias e idades olhando para horizonte abraçadas, representando teste genético para predisposição ao Câncer de mama hereditário

Câncer de mama

O segundo câncer mais comum em brasileiras

Você sabia que o câncer de mama pode ser hereditário?

1 de cada 10 casos de câncer de mama é causado por alterações genéticas, principalmente nos genes BRCA1 e BRCA2.

Câncer e genética

Conheça os genes BRCA1 e BRCA2

representação gráfica das letras BRCA, nome de dois genes que pode aumentar a chance de ter câncer de mama e ovário

Os genes BRCA1 e BRCA2 cuidam do reparo do nosso DNA.  

Quando há alterações nesses genes, eles deixam de exercer sua função, o que aumenta o risco de câncer de mama.

Descobrir alterações em BRCA1 e BRCA2 é saber a predisposição genética de desenvolver a doença. Isso é importante para fazer escolhas saudáveis pensando no futuro.

representação gráfica de risco de câncer de mama em mulheres com e sem mutações genéticas

BRCA e o câncer de mama

Mulheres sem alterações nesses genes possuem um risco de 8% de ter câncer de mama. 

Alterações no BRCA1 elevam o risco para 72% e alterações no BRCA2 para 69%. 

Saiba também sobre o envolvimento dos genes BRCA1 e BRCA2 no câncer de ovário.

Fonte: Global Cancer Observatory (2018) e Kuchenbaaecker e col. (2017).

ilustração de mulher com fita de DNA no nível de peito, representando câncer de mama

Câncer de mama e risco na família

Mesmo sem histórico familiar da doença, você pode ter alterações genéticas no BRCA1 e BRCA2 que aumentam o risco para o câncer de mama

Se uma mulher tem predisposição ao câncer de mama, além de realizar medidas preventivas para si, pode incentivar familiares a conhecerem o próprio risco.

O que é variante genética

É uma alteração no código genético capaz de mudar o funcionamento de um gene. Algumas variantes são responsáveis pela cor de cabelo ou olhos, enquanto outras podem influenciar o desenvolvimento de doenças. Algumas variantes dos genes BRCA1 e BRCA2 aumentam o risco de desenvolver certos tipos de câncer. 

Por que saber seu risco genético de câncer de mama?

ícone autoconhecimento

Autoconhecimento

O seu DNA é único. Entender o que seus genes dizem sobre você é o primeiro passo para trilhar sua jornada de saúde e bem-estar.

ícone prancheta com recomendações

Recomendações mais precisas

A partir dos resultados do Teste meuDNA Saúde, seu médico pode sugerir exames, tratamentos e outros cuidados personalizados.

ícone família

Cuidado para a sua família

Com o meuDNA Saúde, a família inteira pode tomar ações pró-ativas para viver uma vida mais tranquila e saudável.

Com as modernas ferramentas genéticas, as mutações importantes podem ser identificadas. É hora de oferecer teste genético de BRCA1 e BRCA2 para todas as mulheres.

Mary-Claire King, descobridora do gene BRCA1

ilustração de lupa aumentando o gene BRCA, representando o teste genético para predisposição ao câncer

meuDNA Saúde

A precisão que sua saúde merece

Alterações em milhares de letras do BRCA1 e BRCA2 podem aumentar a predisposição ao câncer de mama feminino e masculino, ovário, próstata e outros tipos de câncer.

Outras empresas avaliam no máximo 103 letras dos genes BRCA1 e BRCA2. O teste genético meuDNA Saúde analisa todas as 15 mil letras desses genes, através da tecnologia Exoma.

Seus genes, seu futuro

Saber seu risco genético possibilita escolhas preventivas para proteger você e sua família

Teste genético

Teste genético

meuDNA Saúde

Conheça o que seu DNA diz sobre você e faça escolhas para uma vida mais saudável

Perguntas frequentes

  • O teste genético meuDNA Saúde irá me dizer se tenho ou terei câncer? 

    O meuDNA Saúde não é diagnóstico. Este teste avalia a predisposição a doenças genéticas hereditárias

    Além da genética, fatores ambientais e de estilo de vida estão envolvidos com o risco geral de desenvolver doenças. Por isso, ter uma alteração genética não significa que uma pessoa tem ou terá a doença.

    Da mesma forma, quem não tem alterações genéticas ainda tem um risco de desenvolver a doença, dependendo do histórico familiar, de fatores ambientais e do estilo de vida. Apenas um médico pode avaliar a combinação dos fatores de risco.

  • O meuDNA Saúde substitui uma consulta médica?

    O meuDNA Saúde não substitui consulta ou exame médicos. Este teste genético avalia a predisposição a doenças genéticas hereditárias. Converse com seu médico sobre como utilizar os resultados para cuidar da sua saúde.

  • Todo câncer de mama é hereditário?

    Todo câncer envolve alterações genéticas, mas nem sempre elas são herdadas da família. O câncer se desenvolve por causa de erros no DNA. Essas alterações do DNA podem ser causadas por fatores ambientais e estilo de vida, ou por variantes que foram herdadas do DNA dos pais.

  • O que posso fazer com a informação sobre predisposição genética a câncer?

    Se você descobrir que possui mutações em genes que estão associadas ao maior risco de desenvolver uma doença, deve consultar seu médico para que juntos possam fazer escolhas capazes de evitar o surgimento dela.
    Quando existe predisposição genética, seu médico pode sugerir exames mais frequentes e iniciando mais cedo. Por isso, o teste genético serve como uma alerta, mostrando o que está no seu DNA e empoderando você em relação à sua saúde.

central de ajuda